CURIOSIDADES

"Jogue fora seus sapatos e dance;

sinta a Terra debaixo dos seus pés;

sinta o ritmo da música;

perceba as raízes dos sons;

deixe a música conquistar seu corpo e sua Alma."

Dagmar Hahn

Desde que tivemos contato com a dança circular em 2007, sempre acreditamos que era possível levar adiante um trabalho que resgatasse toda riqueza desse tipo de dança, que, não por acaso, é a mais antiga das artes e matriz de todas as modalidades de danças hoje conhecidas.

 

Em 2013 quando iniciamos nossas atividades no Metamorphösis, a escolha do nome foi pensada para refletir nossos valores: a consideração pelo que já tem muito tempo de vida ou de existência; oferecer a todos a possibilidade de uma mudança de vida para melhor, o que é sempre possível em qualquer idade e em todos os níveis: físico, emocional, mental e espiritual.

A partir daí foi natural retomar o objetivo inicial, isto é, fazer do Metamorphösis um centro de estudos mais aprofundados da Dança Circular e da Tensegridade, compartilhando os conhecimentos que adquirimos ao longo do tempo com todos aqueles que queiram uma mudança positiva em suas vidas.

 

A Dança Circular por ter nascido com o ser humano tem características muito particulares e uma riqueza e inocência ancestral que precisam ser preservadas. Ser feita em círculo de mãos dadas, são características marcantes da dança circular e que aos poucos vem se perdendo e, ambas, carregam em si a inocência, a fraternidade e a solidariedade que unia nossos ancestrais.

Além disso cada dança, não importando se é tradicional ou coreografada, não é apenas uma dança, ela tem uma história ou estória, seja na música que a conduz, incluindo compositor,  intérprete, letra; na tradição ou país de origem; nas curiosidades; na forma da coreografia, etc.

 

O resgate disso tudo, faz parte do nosso trabalho no Metamorphösis - não queremos apenas ensinar as danças, queremos levar nossos alunos e convidados a conhecerem a história que cada dança carrega em si, despertando a curiosidade da criança que temos guardada em nós. Pensando nisso, sempre fazemos pesquisa sobre as danças que constam em nossas apostilas ou que ensinamos em nossas rodas abertas, porque todas carregam a história de sua origem, os costumes dos povos que as dançaram, os sentimentos daquele que as criou. Quando entendemos a informação adicional da dança, o prazer de dançar é enriquecido pelas emoções, alegrias e sonhos de  quem as criou.

Fado

Blanquita

Para ouvir a música primeiro clique no vídeo e depois na nota musical embaixo à direita

Por exemplo, quem conhece e já dançou o Fado Blanquita?  É fácil, pode ser levada a qualquer roda e todos gostam de dançar. É uma dança de par que muitos focalizadores e dançarinos acreditam ser folclórica de Portugal. Nós também passávamos essa informação ao ensinar a dança.

 

Entretanto, quando a colocamos em nosso curso "Arte  e Movimento" de Dança Circular, decidimos pesquisar mais informações a respeito da mesma e qual não foi nossa surpresa ao descobrir que, na verdade, é uma música espanhola de 1918. A letra, que não é muito conhecida no meio da dança circular, foi escrita por Rafael Adam, a música para pianola é do maestro Álvaro Retana e foi feita para Blanca Suárez, cantora espanhola de revista e opereta. O nome "Blanquita" é uma homenagem à cantora e foi na voz dela que alcançou grande popularidade.

 

Em relação à coreografia não existe nada concreto. Alguns dizem que a coreografia nasceu no Brasil, por causa da dança lundu que teria alguma semelhança com o fado; outros em Portugal, por se tratar de um fado; ou ainda na Espanha por ser lá a origem da música. Na revista americana "The Magazine of Federation Folk Dance", edição dezembro/1949 aparece uma transcrição  da dança, com o nome Caballito Blanco/México;

...e seguem as especulações.

 

Para quem tiver curiosidade, abaixo nas fontes de pesquisa, os links trazem algumas versões do Fado Blanquita.

 

Fontes:

https://www.youtube.com/watch?v=c3ybeYKLjow

https://www.youtube.com/watch?v=H1smbTbyGOA)

https://www.youtube.com/watch?v=OAD22a5YU3Q

Rua José Loureiro, 603 - Edificio Park Avenue - Centro - Curitiba / Paraná / Brasil

© 2018 por Metamorphösis – Arte e Movimento. Orgulhosamente criado por Wix.com